N.º 41 | Fevereiro de 2013

A par da educação, a formação profissional assume um papel central e de crescente importância perante os novos desafios que surgem diariamente a nível de globalização, envelhecimento da população, emergência e utilização crescente de novas tecnologias e consequente necessidade de atualização e aquisição de competências. (...) A Presmed, empresa do grupo 4WORK, através do seu Departamento de Formação, tem desenvolvido várias iniciativas no sentido de diversificar a sua oferta formativa para responder às necessidades assinaladas. Neste sentido, informa-se que ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES para a FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES (CCP) – curso homologado pelo IEFP (certificado de homologação n.º EDF 3897/2011).

A paragem cardiorrespiratória (PCR) de origem cardíaca constitui a causa mais frequente de morte em Portugal, sendo que em mais de metade dos casos, as vítimas chegam aos hospitais já sem vida. Numa situação de PCR, a probabilidade de sobrevivência diminui 10% a cada minuto que passa contudo, a desfibrilhação precoce e o início de manobras de suporte básico de vida (SBV) podem aumentar significativamente a taxa de sobrevivência para valores superiores a 60%. A sobrevivência de uma vítima de PCR poderá depender exclusivamente da existência de um Desfibrilhador Automático Externo (DAE) nas imediações e da presença de pessoas com conhecimento de SBV e desfibrilhação, uma vez que é pouco provável que o socorro diferenciado (INEM ou Bombeiros) consiga chegar ao local em tempo útil.

Estima-se que as doenças da tiroide atinjam mundialmente cerca de 300 milhões de pessoas, verificando-se contudo que a falta de conhecimentos relativos a estas patologias leva a que sejam pouco valorizadas. A tiroide é uma das maiores glândulas endócrinas do corpo humano. Localiza-se no pescoço, em frente à traqueia e logo abaixo da laringe, tem forma semelhante a uma borboleta e é constituída por dois lobos, direito e esquerdo, unidos por uma porção central denominada istmo. A principal função da glândula tiroide consiste na produção e libertação para a corrente sanguínea das hormonas T3 (triiodotironina) e T4 (cetratofina), essenciais ao metabolismo, crescimento e desenvolvimento do organismo, contribuindo (entre outras funções) na regulação da temperatura corporal, da frequência cardíaca, pressão arterial, funcionamento intestinal, controlo do peso e estados de humor.