N.º 65 | Fevereiro de 2015

Tendo como objetivo incentivar a contratação de desempregados e promover a sua empregabilidade, foram criadas medidas de estímulo no sector do emprego. 

Estas medidas foram criadas como um incentivo à contratação de trabalhadores,  concedendo às empresas um apoio financeiro para contratações sem limitação de desempregados. 

Neste sentido, abordamos neste artigo, alguns desses incentivos que as empresas poderão considerar, quando pretenderem contratar novos colaboradores. (...)

Na área de armazenagem, a maior preocupação é conseguir minimizar a superfície utilizada sem que a velocidade de expedição seja afetada, isto porque quantos mais pedidos de clientes forem atendidos mais se vende e, consequentemente, o lucro para a empresa é maior. No entanto, muitas vezes a segurança dos trabalhadores é descurada.

Devido às características que apresentam e aos trabalhos nelas desenvolvidos, os armazéns são das estruturas que mais perigo apresentam. Entre os acidentes mais comuns estão as quedas (por escorregamento ou tropeção), lesão por queda de materiais e objetos ou por esforços físicos, arrastamento por objetos ou máquinas, acidentes com substâncias inflamáveis, empilhadores e outros meios de transporte utilizados, bem como com material utilizado na carga, descarga e arrumação (paletes, fita-cola, correias, objetos cortantes, entre outros).

Assim, as possibilidades de acidente são variadas e caracterizadas por uma constante mutação, dependendo do trabalho executado e dos materiais utilizados. Isto significa que além da entidade patronal ter a obrigação de zelar pelas condições de segurança e cumprimento das normas dentro do armazém, cabe também ao trabalhador ter uma postura atenta, tentando ao máximo evitar acidentes. (...)

Coaching é um processo definido com um acordo entre o "coach" (profissional) e o "coachee" (cliente) para atingir um objetivo desejado pelo cliente. O "coach" (motivador) apoia o cliente na busca de realizar o objetivo, ajudando a traçar as diversas metas que somadas levam o "coachee" (motivado) ao encontro do objetivo estabelecido dentro do processo de "coaching".

Isso é feito por meio de reflexões e posterior análise das opções e da identificação e uso das próprias competências, como o aprimoramento e também o adquirir de novas competências.

Coaching é, portanto, um processo objetivo e guiado por um conjunto de informações crescentes oriundas de sessões, estabelecendo metas com a finalidade de atingir transformações positivas na vida do "coachee".

O "Coach"  atua encorajando, apoiando, mantendo a motivação e acompanhando a Ação e o Plano de Ação de seu "Coachee", incentivando o seu crescimento, o aumento de capacidades, habilidades, ação, consciencialização de valores e maior controlo emocional (Inteligência Emocional) (...)